Nose to Tail | Porque não Comemos Miúdos?

Pé de Galinha, Intestino de Porco , fígado ou coração de vaca…. Tá servido?

Sei que muitos irão dizer; não obrigada, outros dirão; nem amarrado! E alguns darão respostas que eu nem poderei escrever por aqui hahahahah, aliás, devo confessar que eu mesma já dei estas respostas muitas vezes aqui na Tailândia :/

moela-com-molho-de-tomate

A ideia de escrever sobre o assunto surgiu após eu assistir alguns episódios de um programa chamado “Coisas que nunca vivi e nunca comi” da TASTEMATE no YouTube, e das minhas experiências em dar respostas negativas para os pratos tidos como exóticos e receber a seguinte pergunta, se você come coração e moela de galinha, porque não quer experimentar este aqui? É lógico que normalmente eu fico sem palavras e não consigo uma explicação maior do que a tradicional “NÃO VOU COMER PORQUE EU NÃO GOSTO UÉ”.  E essa não é uma resposta que me deixa feliz, pois, já deixei claro aqui que não vale dizer que não gosta se nunca experimentou, por isso resolvi ir atrás para tentar descobrir porque deste sentimento de repulsa ou simplesmente cisma que as pessoas têm em relação a comer MIÚDOS.

foie-gras-2500

Não vou generalizar aqui, falando que ninguém come miúdos, porém, em meu círculo de amizades – em um contexto que moro em São Paulo/Capital – às vezes eu me sinto muito desconfortável em dizer que como não só os miúdos mais no caso do frango eu como inclusive os pés do danado hahahahah , para vocês verem. Vai entender neh?….. Mais tudo tem explicação, pelo menos em parte! Tirando a parte de “frescurinhas”, que até eu mesmo tenho em relação a algumas comidas, grande parte desta resistência pode vir de Tabus Alimentares que resistiram ao tempo em nossa história e que foram criando essa visão do que devemos comer ou não. Não vou entrar em detalhes de Tabus ou restrições alimentares ligados a religião aqui, pois entraríamos em um contexto bem diferente e bem mais complexo.

foto-novidade-01-feijoada

Você com certeza já ouviu que comer manga com leite faz mal, certo? Mais já se perguntou de onde veio isso? Muitas vezes aceitamos o que nos dizem ou mesmo o que vemos e ouvimos sem raciocinar; E pensando e lendo em alguns lugares sobre o assunto, o comer ou não os miúdos entram muito neste quesito. Em tempos de escassez era muito comum comer tudo, TUDO que um animal poderia oferecer, não podia existir “frescura”, ou comia ou passava fome. Vale também lembrar que todas as partes menos nobres dos animais (patas, cabeças, intestinos etc…)  faziam parte da alimentação dos escravos, visto os senhorios usavam estas partes, que eram consideradas “restos” para alimenta-los. São esses pequenos pedaços da história, que mesmo equivocados, criam conceitos errados que são transmitidos de geração para geração, até que chega um momento em que ninguém precisa nos falar, mas mesmo assim, muito antes mesmo de experimentar dizemos que não gostamos. Viu a similaridade da manga com leite? Aqui na Tailândia ninguém pelo menos morreu por tomar e eu to viva pra confirmar 😉

xinxim-de-galinha-2

Isso acontece comigo e com quase todo mundo, pra ser sincera já recebi muita “bronca” do meu pai, por falar que eu não gostava de comer algo antes mesmo de experimentar, mais às vezes é difícil tirar algo que já está enraizado em diversas gerações, principalmente naquelas pessoas que moram em regiões onde a escassez já não existe mais e acabou ficando “estabelecido” que “ Pra que comer pé de galinha se podemos comer as partes mais nobres de frangos, porcos ou vacas???”.

espetinho-de-coracao-4-unidades-51904-141

Porém vale lembrar aqui que muita gente come Miúdos ( não vou generalizar que ninguém come) e partes menos nobres dos animais estão presente em  muitas receitas e produtos, e eu/ você não nos damos conta disso. Com certeza você já dever ter caído na tentação e se deleitado com algum desses pratos:  foie gras, feijoada, linguiças, frango ao molho pardo, xinxin de galinha, ensopado de moela, rosbife de língua de vaca, espetinho de coração, dobradinha, cassoulet, rabada, sarapatel, Timo etc. Pois muito bem, para sua curiosidade e deleite, todos esse pratos tem miúdos em sua composição e vão desde pratos simples até os mais sofisticado, ou seja, antes de falarmos, NÃO GOSTO E NEM QUERO EXPERIMENTAR, vamos pensar nos preconceitos que nos levaram a dar essa resposta e revisa-los, com certeza poderemos ter ótimas surpresas.

rabada

E ai? Criariam coragem pra alguns desses pratos ou mesmo pra algum míudo diferente que você nunca experimentou? Deixe ai nos comentários o que você acham, e para sempre estar atualizado com os posts do Blog, sigam o COZINHA DE VERDADE no Facebook !!!!


Fonte Imagem: Paraiso da Cozinha; Culinary Arts; Gazeta do Povo; Meu Cantinho

Anúncios

Deixe um comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s